Versões #1

Prometeu

“De Prometeu relatam quatro lendas:

Consoante a primeira, ele foi, porque traíra os deuses pelos homens, amarrado à ferro no Cáucaso, e os deuses enviaram águias, que devoravam seu sempicrescente fígado.

Consoante a segunda, Prometeu estendeu-se na dor das bicadas, que moíam energicamente cada vez mais profundamente ao escolho, até que virasse um com ele.

Consoante a terceira, sua traição foi esquecida nos séculos, os deuses esqueceram, as águias ele próprio.

Consoante a quarta, cansou-se do infundado transformista. Os deuses se cansaram, as águias se cansaram, a ferida se fechou cansada.

Ficou a inexplicável montanha do escolho. — A lenda tenta explicar o inexplicável. Pois que vem de um fundo de verdade, ela deve novamente no inexplicável acabar-se.”

Franz Kafka

(trad. minha)

_

Trilha sonora do dia:

Pensamentos aleatórios #22

Something dont feel right

Ou

“Eles”

Leia isto:

http://observareabsorver.blogspot.com/2010/09/que-democracia-o-estado-democratico-e.html

Há algum tempo estava falando com meu filhote quando ela fala que estava usando uma jaqueta de couro, depois de ouvir meu comentário contrário ao uso das jaquetas de couro ela diz:

“Já faço isso, ai Cure, não entendo esse pessoal vegan ou pseudo vegan, o mundo não vai parar de fabricar couro ou carne porcausa de vocês. Hello!”

Continuar lendo