Versões #1

Prometeu

“De Prometeu relatam quatro lendas:

Consoante a primeira, ele foi, porque traíra os deuses pelos homens, amarrado à ferro no Cáucaso, e os deuses enviaram águias, que devoravam seu sempicrescente fígado.

Consoante a segunda, Prometeu estendeu-se na dor das bicadas, que moíam energicamente cada vez mais profundamente ao escolho, até que virasse um com ele.

Consoante a terceira, sua traição foi esquecida nos séculos, os deuses esqueceram, as águias ele próprio.

Consoante a quarta, cansou-se do infundado transformista. Os deuses se cansaram, as águias se cansaram, a ferida se fechou cansada.

Ficou a inexplicável montanha do escolho. — A lenda tenta explicar o inexplicável. Pois que vem de um fundo de verdade, ela deve novamente no inexplicável acabar-se.”

Franz Kafka

(trad. minha)

_

Trilha sonora do dia:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s