Magma Series: I

O magma: a mais pura textura do fundo de um lugar que cobiçamos, porém nunca vamos. O medo nos impede, assim como faz com o resto do indolente mundo em que vivemos.

O medo não é superado, pois a coragem já mora numa gruta desconhecida, quase uma eremita, introvertida em seu próprio esquecimento.

O que esmorece é ver que o mundo já se perde no paradigma, não se cobiça o que está atrás da cama, não se cobiça o que é promissor, pois o promissor é sempre temido.

Herói nenhum venceu batalha sem devanear-se como Julio Cortázar, nos detalhes mais rotineiros se encontram as respostas e não são respostas promissoras, pois o promissor está muito além: naquilo que sequer temos consciência de.

“Uma vez em que não sintas mais medo, ninguém pode tocá-lo, ninguém pode pará-lo, você pode voar.”

O destemido (aquele que possui total liberdade sobre si mesmo) acaba, por consequência, manipulando a si mesmo. O instinto é inconsciente.

Há anos atrás caiu no esquecimento um homem que sofreu esquizofrenia ao interpretar conde Drácula, há anos atrás… há mil anos atrás ou talvez dois mil se esqueceram todos os destemidos homens que não acreditaram no oponente e fizeram com que a vida lhe desse apenas um oponente: a si mesmo.

O mundo não vale nem a mortalha que veste o defunto, tampouco a melancolia que o catafalco segura. O mundo não é mundo sem você.

A juventude não se extasia nas descobertas do conquistar. O mundo é tenro e a única ferramenta que pode parti-lo é você.

Enquanto a convalescença não chega, suba ao topo mais alto de conhecimento teu (e não alheio, pois o alheio não é nada) e olhe para baixo.

O magma queimará até a última camada de sua pele, dermes, epidermes e hipodermes, mas da dor ressurgirá a sabedoria e ela cicatrizará todas as camadas: dermes, epidermes e hipodermes…

One thought on “Magma Series: I

  1. Pingback: O Anjo Malvado (1993) | Art for Deaf and Blind

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s