Mulheres

Ó, a mulher! A mais bela das criaturas desse nosso planeta! A coisa mais bela de se contemplar quando se é a mulher que você ama, de fato.

Porém, hoje um professor fez uma pergunta que me fez pensar bastante:

“Qual a sua visão da mulher na sociedade? Como você quer que seja a sua mulher?”

Ele não me pediu para responder a tal, mas eu obtive várias respostas em minha mente, que achei que poderia compartilhar com o blog.

A mulher tem um papel importantíssimo na sociedade, é ela quem possui grandes idéias, tem um poder pra se manter concentrada em mais de uma coisa ao mesmo tempo, que a meu ver é fantástico! Porém, as mulheres estão se degradando, estão se tornando menos. Tanto desejavam pela igualdade, que quando conseguem, querem voltar a serem menos, a serem submissas de homens, menos independentes. O que é triste.

Mas por que elas desejariam isso?

Elas não desejam, mas elas agem como se fosse isso que quisessem, querem que todas as atitudes numa relação sejam tomadas pelo homem (principalmente no início. Ex: quem é que “chega” em quem? Homem ou mulher? Óbvio que tem casos raros de mulheres que chegam em homem), atendem a todos os pedidos do homem apenas para agradá-los, mesmo que tal coisa as deixem extremamente desconfortáveis, e por aí vai os exemplos.

E agora…qual o tipo de mulher que eu quero ter como minha companheira? Simples…eu quero uma que, não só tenha beleza, mas que, principalmente, tenha cérebro. Quero que seja uma mulher de atitude, que goste de conversar, que goste de estudar, que seja esforçada, que goste de debater questões (políticas, econômicas, filosóficas, musicais, teatrais, matemáticas, gramaticais, etc.); que, no mais, seja uma mulher que consiga me chamar a atenção.

Mulheres de hoje em dia se sentem vulneráveis a conversar sobre assuntos diferentes (como a exemplo do post do Cure, que me foge o pensamento qual seja), tais quais como política. Estranho isso, o pessoal que não gosta de política, geralmente, é o pessoal que não entende porra nenhuma da mesma, e então acaba passando por um ignorante.

Mas enfim, mulheres são boas, muito boas, pena que muitas delas demoram pra perceber o quão boas são.

A Mulher Livre

Mas ainda possuo a esperança de que as meninas, conseguirão mais rápido se tornar mulheres, e assim, mais independentes, centradas e mulheres.

Trilha do dia:

9 thoughts on “Mulheres

  1. É…eu sou uma das que não espera ninguem, quando eu quero um cara eu chego nele, acho vcs homens a maioria indecisa e muuuito insegura.

    Realmente as mulheres ainda não tomam “conta” de tudo mas não por conta dos homens, e sim das outras mulheres, principalmente as mais velhas ou pelas invejosas.

    Ainda persiste a educação de que mulher so serve pra fazer o trabalho delicado, tomar conta da casa e esperar pela decisão do homem….
    EU SOU CONTRA ISSO TUDO!
    eu não tomo conta de casa (divido o trabalho com os homens aq em casa), eu faço o trabalho pesado tb, eu não falo delicada, eu sei e JOGO futebol melhor q muitos de meus amigos, eu não levo jeito pra acatar ordens descabidas e sei muito bem oq devo ou não fazer. ninguem precisa ficar me falando porra nenhuma.

    MAAASSS minha familia sao de mulheres q esperam pela posiçao do homem e bla bla….elas não apoiam minha postura, reclamam e me chamam de “ovelha negra” assim…
    Vejo q a maioria não suporta minha atitude. E tem muita gente q chega a dizer q eu sou uma menina “dada”…
    DADA É O CARALHO! sou complicada pra caralho! Não tenho culpa se os caras são faceis e não sabem negar!

    Não sou eu q sou facil, e sim os homens( nao todos mas a maioria sim o/)!!!
    E tambem tem muito homem que teme a mulheres inteligentes e as preferem burras mesmo xDD ja conheci varios assim…

    A sociedade ainda não suporta muito bem a liberdade feminina e tem muita mulher q surta com tanta liberdade e so faz merda dela… mas vai ser assim, daqui alguns anos resolve-se isso xD

    • Queria me apaixonar por uma mulher com essas suas características XDDD

      Mas enfim, não podemos culpar também os homens por tudo…as mulheres hoje tem sim liberdade total de fazerem o que quiser e quando quiser, podem exercer trabalhos tão pesados, ou mais, que dos homens…mas ainda assim, com tal potencial, me espanto ao ver mulheres que se permitem serem tratadas como pessoas menores, principalmente, pelos homens. Você é uma grande e rara (nos dias de hoje) exceção…se tivesse mulheres mais com esse fenótipo, acho que eu seria muito mais feliz XDDD Mas não só eu, como, principalmente, as mulheres \o

      E sei lá também…falta muita cultura entre as mulheres de hoje, elas parecem não gostar de discutir, debater, conversar, trocar idéias sobre outras coisas, que não apenas, elas mesmas e seus “amores”

  2. “E tambem tem muito homem que teme a mulheres inteligentes e as preferem burras mesmo xDD ja conheci varios assim…”

    Já vi gente assim, hein. Aliás, garanto que a maioria dos homens tem esse mesmo pensamento. É clichê, mas é verdade: o que importa é que tenha uma bunda grande, um peito grande, uma vagina gostosa, e pronto. Não precisa nem saber o nome da cidadã.

    😄

  3. É…mas não tenho problema com isso tambem não pq é problema de burrice não ignorancia então é perdoavel… e mal sabem eles q são manipulaveis xD

    Graças a meus pais e a mim tenho cerebro FUNCIONANDO uma bunda gostosa e bla…é mtu bom ter tudo xDD

  4. ‘Tanto desejavam pela igualdade, que quando conseguem, querem voltar a serem menos, a serem submissas de homens, menos independentes. O que é triste.’
    Eu acho, hoje, que a maioria das mulheres acha mais comodo ser submissa ao homem; quando essa mulher quer ser livre do esposo ela é a mulher mais livre, porém, quando é interessante ela prefere a submissão.

    Um dia conheci a (hoje ex) namorada do meu amigo:
    Eu:
    “Então, e teu namorado tem que pagar a conta do jantar?”
    E ela:
    “Claro que tem, ele é meu namorado!”

    Escute, eu entendo todas as vantagens de ser gentil e pagar a conta pra namorada, mas, quando se torna uma obrigação (e não uma gentileza facultativa) a namorada começa a se assemelhar a uma prostituta que cobra por programa e não a uma namorada propriamente dita (que deveria ser amiga).

  5. Inclusive, falando em gentileza:
    Abrir portas, ouvir e respeitar é ser gentil e não pagar todas as contas.
    Partindo do pressuposto que um namoro deve ser baseado em amizade então não vejo lógica em sustentar minha ‘namorada-amiga’ se não sustento meus outros amigos e amigas comuns; portanto, se fôssemos adotar uma estratégia condizente com a amizade nós poderíamos dividir igualmente as contas ou cada um paga proporcional ao que gasta e eu me comprometo em pagar o veterinário do meu Chow Chow.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s