Pensamentos aleatórios #19

 

Da vergonha.

Ou,

Um desabafo

Venho aqui escrever um desabafo, meus planos eram escrever sobre a minha ‘Teoria das Granadas’, infelizmente os acontecimentos me levam a descrever um desabafo interessante que fiz no MSN há minutos, peço que você leia primeiro esses textos:

http://www.pixelpress.org/chernobyl/index.html

http://www.nerdssomosnozes.com/2009/06/glaspost-6-stop-radioactivity.html

Consideremos a hipótese de Deus não existir. Consideremos também que Darwin está absolutamente certos. Consideremos a matemática e as probabilidades da nossa raça dar certo.

Partindo deste pressuposto e com esta idéia de que a raça humana é apenas uma entre as várias que virão e uma das que vieram podemos pensar na nossa ‘sorte’ , podemos pensar que tivemos sorte de sair de ‘macacos’, virar comedores de carniça, começamos a nos organizar, começamos a criar animais, plantar, reinamos, imperamos, democratizamos, capitalizamos; afinal, ninguém é de ferro.

O problema é o potencial que temos que está sendo jogado fora (Tyler ataca novamente), jogamos fora quando resolvemos agir por nós mesmos; ignorando os outros. Jogamos fora quando escolhemos o que é mais confortável, e não o que é mais certo – por isso tenho vergonha de nós, por isso tenho vergonha da raça humana, que quer se aniquilar porque não compreende os benefícios de se unir.

A união dos seres humanos possibilitou que nós matássemos mamutes cavando buracos imensos no chão:

Cai o mamute no fosso e executamos os pobres com pauladas.

Como cavar o buraco? Pás, marujo?

Claro que não, com as mãos!

“Espere, Capitão Cure, com as mãos?”

Claro, cão do mar, e todos unidos, senão ninguém ia passar desta noite.

“Ó céus”

Ó sim, meu caro homem, e digo mais:

Creio que esquecemos que somos mais FRACOS que o que nos cerca, e que não vamos passar deste século se não nos unirmos.

Nós inventamos o raio X, o rádio, o avião, a televisão, o carro, o edifício, a filosofia.

E mesmo assim queremos criar bombas nucleares, mensagens criptografadas, aviões bombardeiros, blockbusters, tanques de guerras, prisões e filosofias que apregoam o ódio (Nazismo, Determinismo).

Eu lembrei do Freud agora: “Nós poderíamos ser muito melhores se não quiséssemos ser tão bons” Quem sabe nós seriamos muito mais felizes se não quiséssemos ser tão bons, famosos e podres de ricos; e vivessemos com um mundo mais gentil, com menos ‘você é meu, eu mando em você’ e mais ‘você me escolheu, nós vamos decidir juntos’.

Sabe, eu dediquei algumas horas de hoje lendo sobre Russos, sobre Chernobyl etc.

E nesse momento esquisito, enquanto eu encaro uma menina que está paralisada em uma cama por causa de um tumor no cérebro causado pela exposição a radioatividade eu sinto uma certa comoção, coisa que eu não costumo sentir; ela está paralisada desde 2000, sabe-se lá se ainda vive, e está lá porque alguns homens resolveram ignorar o procedimento padrão de testes de seguranças de Chernobyl (que aliás, tinha sido reprovada no teste de segurança) e porque outros homens infelizmente morreram (e morrem) para que outros tenham seu mérito, sejam heróis.

Eu sinto pena por nós, enquanto raça humana; eu tenho muita pena de nós mesmos; não guardo rancor das cagadas que fizemos e que iremos fazer, a terra se encarregará de se livrar de nós, espero que a tempo.

“There is a rose that I want to live for
Although, God knows, I may not have met her
There is a dance an’ I should be with her”
[The Clash – The Call Up]

One thought on “Pensamentos aleatórios #19

  1. Tal divagação pessimista e, quem sabe, realista acerca da humanidade me faz lembrar de uma parte de “Kholstomer”, de Tolstói, quando o cavalo começa a pensar sobre o uso que os humanos fazem dos pronomes possessivos: “isso é meu”, “este animal é meu” etc. Principalmente o parágrafo em que citas Freud, fez-me lembrar de tal cavalo bacana.

    Post bem bacana, apesar do tom pessimista e apocalíptico ^^

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s